Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Corinthians 2 x 1 São Paulo – Gols & Melhores Momentos COMPLETO – Campeonato Paulista 2019

Corinthians 2 x 1 São Paulo – Gols & Melhores Momentos COMPLETO – Campeonato Paulista 2019.

DESCUBRA COMO CONSTRUIR SEU NEGÓCIO ONLINE DO ZERO EM CASA trabalhando na Internet com um Método Garantido acesse aqui 👉🏻 http://bit.ly/novosricoslancestv

Corinthians 2 x 1 São Paulo – Gols & Melhores Momentos COMPLETO – Campeonato Paulista 2019

O coração corintiano bate forte pela terceira vez consecutiva no Paulistão. Em jogo intenso na Arena Corinthians, o Corinthians conseguiu no finzinho arrancar a vitória por 2 a 1 sobre o São Paulo, neste domingo, pela final do Estadual. Após Danilo Avela abrir o placar e Antony arrancar o empate são-paulino, Vagner Love saiu do banco para entrar novamente para a história corintiana.

Com o resultado, o Timão chega ao seu 30º título paulista (e é o maior vencedor do Estadual) e ratifica sua força no estado.

Sobrou tensão
A intensidade se sobrepôs à técnica em nervosa etapa inicial do Majestoso. Tendo em Pedrinho sua válvula de escape, o Corinthians se mostrava mais impetuoso, exigindo a marcação são-paulina. Já o São Paulo via seu trio de ataque pouco incisivo. Lançado por Reinaldo, Everton bateu cruzado, mas a bola foi para fora.

Fim de seca corintiana…
Coube a quem mostrou poder de decisão no decorrer do Paulistão acabar com as “secas” de gols que assolavam Corinthians e São Paulo. A equipe de Fábio Carille já tentara com Clayson e Henrique. Mas a bola aérea fez a Arena Corinthians explodir. Sornoza alçou e, após Ralf escorar, Danilo Avelar surgiu entre os zagueiros para marcar. Com o gol (que não ocorria desde o jogo de ida contra o Santos), os corintianos se fecharam em contra-ataques. Contudo, no único lampejo, Pedrinho fez Tiago Volpi se desdobrar.

… e fim de seca são-paulina
Em uma etapa final na qual foi pouco criativo, o Tricolor paulista encontrou fôlego para mostrar que estava mais vivo do que nunca. No último lance, Everton tentou da esquerda e, após a bola desviar em Ralf, Antony encontrou espaço para girar o corpo e finalizar rasteiro. Era o empate e fim de um jejum de gols que persistia desde o duelo com o Ituano.

Complicado…
O São Paulo voltou do intervalo com a entrada de Hernanes no lugar do inoperante Everton Felipe. No entanto, por mais que girasse a bola diante de um adversário cauteloso, a equipe de Cuca seguia pouco incisiva, o que mantinha o jogo nivelado por baixo e repleto de erros. Nas escassas chances corintianas, Gustagol e Ramiro finalizaram mal diante de Tiago Volpi. Já os são-paulinos viram Léo encher o pé e a bola bater no lado de fora da rede.

Amor no bico da chuteira!
Quando a postura truncada tomava de vez conta do Majestoso (e Tiago Volpi fazia cera), o Corinthians colocou o coração no bico da chuteira para conquistar o tricampeonato paulista. Sornoza cruzou da direita e, após falha de Arboleda, Vagner Love encheu o pé para ser crucial na final. Fiel às suas convicções, na base da emoção, o Timão mostrou sua força novamente em território paulista.

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS 2×1 SÃO PAULO

Data-Hora: 21-04-19 – 16h
Estádio: Arena Corinthians, em São Paulo (SP)
Árbitro: Raphael Claus (Fifa/SP) Nota L!: 7,0 – Conduziu corretamente o jogo, acertando na aplicação dos cartões.
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (SP) e Marcelo Carvalho Van Gasse (Fifa/SP)
Público / Renda: 46.481 pagantes / R$ 5.014.884,00

Gols: Danilo Avelar, 31, 1º T (1-0), Antony, 47, 1º T (1-1), Vagner Love, 43, 2º T (2-1)

Cartões amarelos: Fagner, Clayson (COR), Reinaldo (SAO)

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Manoel, Henrique (Pedro Henrique, 30, 2º T) e Danilo Avelar; Ralf, Ramiro, Pedrinho (Vagner Love, 20, 2º T), Sornoza e Clayson; Gustagol (Boselli, 27, 2º T) . Técnico: Fábio Carille

SÃO PAULO: Tiago Volpi; Hudson, Arboleda, Bruno Alves e Reinaldo; Luan, Jucilei (Léo, 20, 2º T) e Igor Gomes; Antony, Everton (Willian Farias, 26, 2º T) e Everton Felipe (Hernanes, intervalo). Técnico: Cuca

loading...

Comentário

Fechar Menu