Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Santos 3 x 0 Vasco – Gols & Melhores Momentos COMPLETO – Campeonato Brasileiro 2019

DESCUBRA COMO CONSTRUIR SEU NEGÓCIO ONLINE DO ZERO EM CASA trabalhando na Internet com um Método Garantido acesse aqui 👉🏻 http://bit.ly/novosricoslancestv

Santos 3 x 0 Vasco – Gols & Melhores Momentos COMPLETO – Campeonato Brasileiro 2019

O domingo de Dia das Mães foi do Santos. Nesta tarde, no Pacaembu, a equipe treinada por Jorge Sampaoli não teve piedade e derrotou o Vasco da Gama por 3 a 0, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. Por tudo que aconteceu durante os 90 minutos, a impressão que deu foi que o resultado foi até pouco: foram mais de 20 finalizações a gol, um ataque incessante nos dois tempos e o brilho individual de Rodrygo, autor do segundo gol e melhor jogador em campo.

Ao Vasco, na última partida de Marcos Valadares no comando técnico, a certeza de que Vanderlei Luxemburgo terá muito trabalho pela frente. Além do pragmatismo na parte coletiva, o Cruz-Maltino ainda viu o goleiro Sidão falhar no primeiro gol e mostrar vários erros técnicos. Lanterna do Brasileirão, com somente um ponto, o Vasco volta a campo no próximo domingo para enfrentar o Avaí em São Januário, às 19h. O Santos assumiu a segunda colocação, com 10 pontos, e faz o clássico contra o líder Palmeiras no sábado, no Pacaembu, às 19h. Antes, na quarta-feira, enfrenta o Atlético-MG, no Mineirão, no jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, às 19h15.

INÍCIO INTENSO DO SANTOS
O Santos começou o jogo fazendo jus à filosofia de jogo do seu treinador, Jorge Sampaoli. Com Soteldo e Rodrygo bem abertos pelos lados esquerdo e direito, respectivamente, o time paulista pressionou desde o minuto 1, em especial com Rodrygo, que com dois minutos forçou Sidão a trabalhar pela primeira no jogo, após finalização forte de canhota. O Vasco tentava responder nos contra-ataques, em especial com Marrony e Rossi, as válvulas de escape. Aos 12, depois de tabela na direita com Carlos Sánchez, Rodrigo bateu forte, a bola chegou a passar de Sidão, mas viu Pikachu salvar na linha e evitar o 1 a 0.

PRESENTÃO DE SIDÃO E VAR EM AÇÃO
O dia é das mães, mas quem recebeu o presente foi Diego Pituca. Aos 18 minutos, após novo erro de saída de bola de Sidão, o volante, com extrema catagoria, deu apenas um sútil toque por cobertura para abrir o placar para o Santos no Pacaembu. A resposta do Vasco veio rápida. Aos 22, em sua primeira chegada com eficiência, Pikachu tabelou com Marrony no meio, ajeitou para Maxi López, que concluiu de primeira, no canto esquerdo de Vanderlei. O árbitro Paulo Roberto Alves Junior validou o gol, os jogadores e os torcedores comemoraram, mas, na revisão, o VAR revelou que Maxi estava “um pé” adiantado. Gol anulado e cartão amarelo ao centroavante argentino, por reclamação

MELHOR EM CAMPO, RODRYGO AMPLIA
Vendido ao Real Madrid, Rodrygo, para infelicidade do Vasco, resolveu mostrar todo o potencial que tem na tarde deste domingo. O jovem, de 18 anos, infernizou o sistema defensivo vascaíno, principalmente Danilo Barcelos, que não conseguia acompanhá-lo. Aos 33, o camisa 11 inverteu posição com Soteldo e apareceu pela esquerda. Ele recebeu bom passe em profundidade de Jorge, passou por Bruno Silva e fuzilou a meta de Sidão para ampliar o marcador.

VASCO NA RODA E SANTOS MATA O JOGO
A tônica do segundo tempo não foi diferente dos 45 minutos iniciais. Valadares até tentou colocar o Vasco mais para frente com ajustes na escalação (logo na volta do intervalo, tirou Luiz Gustavo e Raúl e colocou Bruno César e Andrey), mas de nada adiantou. Sampaoli respondeu implementando mais velocidade, com a entrada de Jean Mota no lugar de Eduardo Sasha. Não à toa, em dois contra-ataques, o Santos acertou o travessão de Sidão duas vezes. Na primeira, aos 24, com Soteldo; aos 25, com Carlos Sánchez, depois de passe de Jean Mota. Aos 27, no entanto, não teve jeito. Elétrico, Rodrygo tabelou com Jean Mota e, cara a cara com Sidão, ajeitou para Soteldo, aberto à esquerda, finalizar para o fundo do gol. O terceiro gol em nada diminuiu o ímpeto santista, que continuou visando a meta de Sidão a todo tempo. No final, Danilo Barcelos recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso. Definitivamente, o domingo não era do Vasco.

FICHA TÉCNICA
SANTOS 3X0 VASCO

Estádio: Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data/hora: 12/5/2019, às 16h (de Brasília)
Árbitro: Paulo Roberto Alves Junior (PR) – Nota LANCE!: 5,5 (foi bem nos cartões, mas errou no gol que validou de Maxi, corrigido pelo VAR)
Assistentes: Bruno Boschilla (PR) e Rafael Trombeta (PR)
Árbitro de vídeo: Adriano Milczvski (PR)
Público/renda: RR$ 343.355,00/ 12.952 presentes
Cartão amarelo: Rossi, Danilo Barcelos, Ricardo e Maxi López (Vasco); Jean Lucas e Alison (Santos)
Cartão vermelho: Danilo Barcelos (Vasco)

GOLS: Pituca 18’/1º T (1-0), Rodrygo 33’/1º T (2-0), Soteldo 27’/1º T (3-0)

Comentário

Fechar Menu